O que são e como fugir das Métricas de Vaidade

AUTOR: Roberto Matos

2 min. de leitura

O que são e como fugir das Métricas de Vaidade

Autor: Roberto Matos

2 min. de leitura

Em uma estratégia de marketing digital, tão importante quanto escolher bem seus objetivos, é definir quais métricas você vai usar para analisar seus resultados para não cair nas métricas de vaidade.

Muito legal o número de pageviews ou likes nas postagens, mas, o que isso contribui nas vendas de fato? Até que ponto isso ajuda a alcançar a meta? Afinal, todas as suas estratégias precisam ser vinculadas com seu objetivo de marketing.

As métricas de vaidade são um tipo especifico de métricas que maquiam o verdadeiro resultado do marketing digital. Vistos de forma isolada, eles trazem uma visão distorcida da realidade, dando a entender que está tudo indo muito bem.

Porém, essas métricas não tem nenhuma relação com os objetivos buscados pela empresa, então não são verdadeiramente relevantes.

Elas não ajudam a tomar decisão nenhuma, não geram oportunidade de negócio e nem mostram como otimizar ações. Servem apenas para inflar o ego (daí o nome).

Isso não significa que elas devem ser ignoradas, mas elas não devem determinar como está o seu negócio.

Alguns exemplos de métricas de vaidade:

Curtidas

Número de curtidas não tem conexão com quão perto sua marca está de alcançar determinado objetivo. É muito comum uma empresa apresentar um alto número de curtidas e baixa conversão no site. Também é possível comprar curtidas, então, como saber se o conteúdo foi realmente relevante?

Compartilhamentos

Assim como as curtidas, esse dado isolado não tem interferência direta com número de vendas, por exemplo, ou qualidade do conteúdo. O usuário pode compartilhar por diversos motivos e a analise isolada desse dado não agrega em nada.

Visualizações

Uma campanha pode trazer um tráfego muito grande de um público que não tem nada a ver com o seu target. Um usuário único pode visualizar diversas páginas e sair, etc. Por isso que essa métrica sozinha não diz nada e não é capaz de gerar nenhum insight.

Taxa de cliques

Mesmo que essa taxa mostre o número de pessoas que você direcionou para o site, não dá para saber com a analise desse dado isolada se houve uma conversão ou ainda se o tráfego está alinhado com o seu target.

Downloads de app

Muito mais importante do que o número de downloads do seu app é a quantidade de usuários ativos, o tempo que eles permanecem e a quantidade de desinstalações. O que adianta as pessoas baixarem o app e não usarem ou apagarem logo em seguida?

Número de seguidores

O número de seguidores de uma rede social não tem necessariamente relação com a visibilidade da empresa e, assim como curtidas, podem ser comprados.

Quais métricas realmente importam no marketing digital?

Quais métricas devemos acompanhar então?

Primeiro, é necessário definir exatamente quais os objetivos da sua estratégia de marketing digital. A partir daí, quais as melhores métricas para provar que o objetivo foi ou não alcançado?

Na prática, selecionamos métricas de acordo com os objetivos e categorizamos dependendo da necessidade.

As métricas principais a serem analisadas dependem dos resultados que você está buscando.

Aqui temos as métricas mais importantes para se analisar em qualquer tipo de negócio: 10 métricas de marketing digital obrigatórias para qualquer negócio.

Especialmente para agências, temos uma seleção com as métricas mais usadas: 10 Métricas de Analytics mais usadas por Agências.

Neste artigo, temos métricas relevantes de Google Analytics e uma demonstração de como analisa-las: O que fazer com os dados do Google Analytics?

Para ter uma melhor experiência com seus dados, a Keep.i oferece uma visualização simples e direta para você não se perder e otimizar seus resultados.

Conheça nosso programa de parceiros

Ganhe uma Licença Gratuita para sua agência e até 35% de comissão para clientes ativados