LOGIN
TESTE GRÁTIS
Tecnologia

O Poder da Inteligência Artificial

Poderíamos dizer, há um tempo atrás, que a inteligência artificial existia apenas em filmes futuristas. Mas, hoje, ela faz parte do dia a dia de muita gente.

A Inteligência artificial é a área da ciência da computação trabalha com sistemas capazes de simular a capacidade humana para raciocinar e realizar algumas tarefas que são geralmente chatas ou muito mecânicas.

Ela está presente principalmente em smartphones e caixas de com da Google e da Amazon. Atendem a comandos de voz e facilitam atendimentos, além de oferecer notícias personalizadas e até ajudar na venda de imóveis.

Como essa tecnologia ainda recente pode nos ajudar nas campanhas de marketing? Qual seu impacto no mercado da comunicação?

Mesmo sendo algo que ainda estamos aprendendo formas diferentes de usar, já temos pequenas funções que a IA pode fazer e são bem úteis.

A IA ainda é algo que estamos aprendendo a usar, uma vez que ela precisa aprender conosco também, mas para pequenos processos ela já seja bem útil, no que se refere a automação de algumas atividades, assistentes de voz, por exemplo.

Segundo a Google Cloud, ‘Unlocking data analytics and machine learning for more businesses’, julho de 2018 nos EUA:

Calcula-se que cerca de 60% das empresas estejam em processo de implementação de inteligência artificial (AI). 

Integrada à inteligência artificial de monitoramento de banco de dados é possível, por exemplo, gerar campanhas online eficientes, sementando apenas para o perfil ideal e entregando os melhores resultados.

Para ser um bom profissional de marketing, não é preciso passar horas analisando como fazer as melhores campanhas, nem horas escrevendo bons textos e projetos. Tem como fazer tudo isso mais rápido com a IA. Ela pode repetir testes e experiências com mais velocidade.

Fazendo diferentes versões criativas e dando um tempo e orçamento para os testes comparativos, a inteligência artificial faz o resto sozinha.

A IA como planejadora

Aposto que está buscando tempo e querendo diminuir esforço com questões corriqueiras e pouco produtivas. Com a Inteligência artificial podemos resolver isso, além de diminuir os custos pro seu negócio e usar o tempo economizado para focar no que realmente importa.

Com o Machine Learning, a máquina pode aprender com os erros de campanhas anteriores e analisar o que melhor funciona para seu negócio. Também pode avaliar melhores dias e horários para conteúdos e anúncios e replicar abordagens e formatos para cada público específico. Tudo em menos tempo e com mais precisão que a de um humano.

Isso vai bem além de textos. Vídeos, jogos e músicas podem ser usados como ponto de partida para toda a questão operacional e criativa de suas campanhas.

A IA simplificando processos de compra

Outra possibilidade que a IA proporciona é a de Machine Learning em anúncios para e-commerce.
Ao pesquisar preços de algum produto e serviços específicos o sistema reconhece preferências de anúncios iguais ou parecidos com o que está procurando.

De acordo com a pesquisa da Provokers:

56% dos consumidores brasileiros preferem comprar em sites mobile e aplicativos que os permitem salvar suas preferências;
50% naqueles que recomendam marcas e produtos baseados em seus históricos de busca e compra;
45% nos que permitem fazer filtros pessoais;
49% nos que possuem conteúdos que ajudem a desenvolver seus gostos pessoais.

Outra possibilidade que a IA proporciona é a de Machine Learning em anúncios para e-commerce.
Ao pesquisar preços de algum produto e serviços específicos o sistema reconhece preferências de anúncios iguais ou parecidos com o que está procurando.

56% dos consumidores brasileiros preferem comprar em sites mobile e aplicativos que os permitem salvar suas preferências;
50% naqueles que recomendam marcas e produtos baseados em seus históricos de busca e compra;
45% nos que permitem fazer filtros pessoais;
49% nos que possuem conteúdos que ajudem a desenvolver seus gostos pessoais.
Ainda de acordo com pesquisa da Provokers.

Com esses dados guardados, podemos mandar campanhas em diversos formatos para que cada pessoa receba o que gostaria da forma que gostaria.

Identificando emoções

A IA está evoluindo e sendo usada principalmente para ouvir e ver. O reconhecimento de imagens, textos e sons. Assim, os dados serão usados para potencializar anúncios de busca de voz em speakers ou imagens de redes sociais e diversas outras funções.

Partindo dessas analises, nós já sabemos que o ser humano tem entonações, frases e expressões específicas que mostram que estamos felizes ou tristes. Com isso, a técnica de embedding é usada em máquinas para entender sinais emocionais presentes principalmente em textos.

Empresas podem descobrir mais fácil e rapidamente profissionais com alto índice de motivação e desmotivação, bem como clientes com maior satisfação e probabilidade de compra.

A análise de sentimentos pode ser usadas nas mídias sociais, na imprensa até o atendimento ao consumidor.

Um exemplo do seu uso prático seria o uso em e-mails baseada em emoções. Com essa tecnologia conseguimos ver se o consumidor precisa de ajuda, se está agradecendo ou aborrecido com o serviço sem precisar ler milhares e e-mails.

 

Como sua empresa está lidando com essa novidade? A Inteligência Artificial está no planejamento ou o trabalho humano ainda é desperdiçado para serviços manuais?