Login
Marketing

Como construir um Plano de Marketing orientado por dados

Todos os dias milhares de novos canais, plataformas e formatos são criados, como consequência deste aumento esta cada vez mais difícil construir um plano de marketing assertivo orientado a dados e também desenhar os processos que giram em torno deste departamento.

Mesmo que o uso de dados no marketing sempre tenha sido onipresente, os conceitos por trás do termo “marketing orientado a dados” se distinguem de forma gritante do marketing tradicional.

Uma das principais dificuldades demonstradas pelos líderes hoje, é como em meio a tanta velocidade, conseguir reavaliar todo seu ecossistema de geração de negócios e construir um plano de marketing com métricas bem definidas para manter a empresa com a velocidade necessária para realizar ajustes estratégicos.

Veja abaixo alguns passos para ser mais assertivo na construção do seu plano de marketing orientado a dados:

Métricas de Desempenho

Suas estratégias e métricas de marketing estão vinculadas aos objetivos comerciais? Identificar indicadores de desempenho chave (KPIs) irá ajudá-lo no seu processo de marketing orientado a dados ao analisar o desempenho do seu produto ou serviço em todas as etapas do funil.

Se você tem um sistema para monitorar a performance das ações de marketing, considere não apenas rastrear o número de leads que você obteve, mas se eles são qualificados MQL (Marketing Qualified Leads) ou SQL (Sales-Qualified Lead), o tamanho de receita potencial e onde eles estão no processo de vendas.

Esses são dados necessários para você ter visibilidade de curto prazo, médio e longo prazo no desempenho das campanhas digitais e para obter ideias de onde e como pode implementar otimizações no processo.

Muitas vezes, grandes decisões de compra não são feitas rapidamente e não são feitas por uma pessoa, por isso certifique-se de rastrear métricas que determinam o quão longe elas estão no processo de compra, como visualizações de páginas principais, visitantes repetidos, acompanhamento de conta / empresa, etc. Também é importante entender o que você está comparando resultados.

As novas campanhas podem não ter um ponto de referência equivalente ao ano passado, mas você pode rastrear KPIs, como custo por aquisição (CPA) e retorno sobre o gasto publicitário (ROAS). Você não pode definir metas sem primeiro saber quais métricas seus executivos e equipe desejam acompanhar e por quê.

Eficiência no Rastreamento

Saber quais são as métricas que devem ser acompanhadas e a frequência de análise é o primeiro passo do seu plano de ação, o segundo é construir dashboards online para compartilhar essas informações com todo o time. Se você está usando o Google Analytics, Adobe Analytics, Optimizely, Marketo ou Salesforce, certifique-se de que todos os KPIs estão sendo rastreados e rastreados corretamente. Isso pode significar a construção de parâmetros de rastreamento de campanha, a confirmação de metas e a definição de eventos dentro da jornada do cliente.

Defina práticas recomendadas e modelos de governança para padronizar procedimentos de rastreamento. Se você ainda não está, considere rastrear chamadas telefônicas e atividades de bate-papo on-line. Certifique-se de que pode acompanhar o desempenho de forma holística em todos os canais e esforços de marketing.

Olhe para o desempenho de canal cruzado e estabeleça um modelo de atribuição que faça sentido para sua empresa. Efetuar login em cada plataforma individualmente e tentar conectar os pontos é demorado e difícil, então considere investir em uma plataforma de geração de relatórios e relatórios que pode atribuir o marketing à atividade de vendas.

Conhecimento dos meus Dados

Definir sua base de clientes existente e colocá-los em grupos representativos com base em dados demográficos, histórico de compras e comportamentos é um passo importante para poder apoiá-los melhor. Depois de determinar e dividir formalmente os perfis dos seus clientes, certifique-se de entender sua jornada de compra e identificar o que influência nas suas decisões.

À medida que você mapeia sua jornada de compra, comece a pensar sobre suas necessidades e quais as soluções que precisam de você em cada etapa do processo. Mapear a jornada do cliente é o primeiro passo no planejamento de qualquer plano de marketing bem-sucedido.

Comparando Resultados e Ações

Como seus atuais esforços estão sendo realizados em comparação com o ano passado? Sempre haverá variáveis ​​como alterações de condições de mercado, cortes de orçamento, foco em diferentes alocações de canal de marketing e mudanças de estratégia. Você deve estar preparado para fornecer informações qualitativas, mas comparar os dados rígidos, como crescimento de vendas, tamanho e velocidade do pipeline, geração de MQL, etc., ainda é um primeiro passo essencial. Se houver lacunas no que você rastreou no ano passado, veja se você tem o que precisa para o próximo ano. Verifique para ver o que funcionou no passado e quais os sistemas que você possui para aprimorar seu plano de marketing para o próximo ano.

Definindo Canais e Ações

É importante ter as perguntas acima respondidas primeiro para entender seus objetivos para cada canal de marketing, KPIs e sua jornada de compra de clientes. Agora é um bom momento para avaliar cada canal de marketing e determinar se os seus esforços retornaram seu investimento. Não faça apenas pesquisas pagas, por exemplo, porque você já fez no passado! Um bom ponto de partida é listar todas as suas opções de canais de marketing, mesmo que você não as tenha usado antes – SEO, pesquisa paga, Inbound, Facebook, LinkedIn, Twitter, YouTube, Pinterest, SnapChat. Ao testar esses canais, você pode estabelecer novos padrões para usar na previsão e planejamento orçamentário para o próximo ano.

Não basta assumir o que foi bem sucedido no passado funcionará no futuro.

Novas Tecnologias

Finalmente, abordar sua stack de tecnologia de marketing. Ter a tecnologia certa é fundamental para planejar, executar, integrar e acompanhar seus esforços. Existem muitas opções disponíveis e é fácil pensar que você precisa de todas elas.

Comece por auditar o que você tem e identificar quaisquer ferramentas duplicativas e com que frequência cada ferramenta é usada por sua equipe. Em seguida, liste os recursos que faltam e pesquise os principais fornecedores. Identifique a tecnologia que atenda às necessidades de sua empresa melhor e, até mesmo, corte o software desnecessário que você tenha agora.

Comece o novo ano preparado:

Antes de começar a construir seu plano de marketing responda as perguntas abaixo. Ela lhe direcionará quais informações ainda lhe faltam para iniciar.

– Eu sei quais dados e KPIs minha equipe executiva quer ver e o que eles definem como sucesso?

– Defini as melhores métricas para rastrear e ter um processo claro para controlar o sucesso de minhas campanhas?

– Eu entendo quem são meus clientes e como eles passam pela jornada de compra?

– Eu sei o que foi bem-sucedido e não foi bem sucedido no ano passado e tem um plano para aprimorar nossos esforços?

– Examinei todos os canais de marketing digital disponíveis e selecionei aqueles que funcionam melhor para as nossas necessidades?

– Nós temos a tecnologia apropriada para suportar nossas campanhas de marketing?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound